Nossa eternidade é tão efêmera.

Nascemos e morremos em um piscar do tempo.

-Line

Anúncios

AVISOS

Me falaram

liberdade é ilusória

Me avisaram

Somos determinados

Sorri

Mas não acreditei

Sou responsável

Cativei

Não pedi para nascer

Mas escolho continuar

Me joguei

Me perdi

Não encontrei

A lucidez me confunde

Admito

Não quero nada

Quero tudo

Estou presa no meu mundo

Imaginário

Nele posso ser tudo

Pássaro, chão

Papel, abstrato

Eu penso

Se estou presa no infinito

Sou livre de fato.

 

-Line

 

 

 

 

Pedaço de alguma coisa

Me entreguei de peito aberto

Cada erro me esfria

Sem medos e defeitos

A perfeição não existiria

 

Seu cheiro te cheiro

Teu gosto vicia

Em cada trago tragado

Da sua companhia

 

Errados erramos

Jogamos errado

Nesse jogo me jogo

Perdida nos teus braços

 

Prazeres vulgares

vidas passadas

Quero o gozo mais molhado

Quero a vida ao seu lado

 

“Quem diria” não importa

Ninguém tem que dizer

Não sei o que eu quero

Só não quero te perder.

 

-Line

Para ele

Amar é quando se pode ir mas se fica, de uma maneira leve e despreocupada. É como visitar alguém e esquecer de ir embora.

Amar é acostumar-se com o inesperado, com aquele outro que aos poucos faz parte do seu vocabulário. De repente já não sermos os mesmos, amar é se transformar por inteiro.

Ganhar um pouco e se doar em dobro, um esforço tranquilo. Sofrer e aprender a cada equívoco, por que amar é se importar, lamentar o erro e também se equivocar.

Amar é ter a coragem de pedir perdão, as vezes é dizer não. Amor é empatia, sentir alegria por algo que antes não daria a mínima.

É perceber uma falta que antes não existia e agora que me dei conta, te amar é minha rotina.

 

-Line

Navegue-se

Navegar-se é viver calmaria e tempestade,

Surfar nas ondas do teu próprio corpo,

Nadar nas profundezas sem se afogar,

É amar teu mar,

Desfrutar dos ventos e correntezas,

É não ter certezas,

É viajar dentro de si,

Conhecer seus medos e prazeres,

Aceitar suas loucuras,

Navegar-se é pular de ponta

Desfrutar o silêncio,

Não ter medo da solidão,

É viver em si,

É ser imensidão.

-Line